• Início
  • Intranet
  • Doação de Sangue: Tudo sobre o Junho Vermelho e Como doar

Doação de Sangue: Tudo sobre o Junho Vermelho e Como doar

Clique aqui para saber tudo sobre a Campanha Junho Vermelho, doação de sangue, e os critérios para realizar o gesto solidário.
doacao de sangue mmcafe 998x1024 1
junho 9, 2020

A doação de sangue é uma prática muito importante, e que deveria ser amplamente divulgada em sociedade. Para isso, existem campanhas como o Junho Vermelho, que buscam mostrar a importância do evento e incentivar pessoas a salvarem vidas.

Doação De Sangue | Guia Definitivo

O mês de junho é conhecido como o Junho Vermelho, é um movimento criado para envolver governo e conscientizar a população sobre a importância da doação, aumentar os bancos de sangue e assim conseguir doadores regulares.

Junho Vermelho

Dentro da campanha do Junho Vermelho, no dia 14 de junho é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue, que tem como objetivo homenagear e agradecer a todos os doadores que ajudam a salvar vidas diariamente.

Segundo dados do Ministério da Saúde atualmente, apenas 1,9% da população brasileira doa sangue. O ideal é que 3% da população seja doadora, e esse índice é demasiadamente preocupante.

Doação De Sangue
Reprodução: Freepik

É sabido que ninguém está livre de precisar de uma transfusão sanguínea. Em situações imprevisíveis como um acidente, a única saída é contar com a solidariedade humana, já que o sangue não é um fluido que possa ser substituído.

Dessa maneira, reunimos os pontos mais positivos para buscar trazer isso à sua empresa, e a fazer se tornar embaixadora desta iniciativa, por meio do incentivo dos seus colaboradores.

O QUE É A DOAÇÃO DE SANGUE?

A doação de sangue é um gesto solidário de doar uma pequena quantidade do próprio sangue para salvar a vida de pessoas que se submetem a tratamentos e intervenções médicas de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias.

POR QUE DOAR SANGUE?

Doar sangue é um ato altruísta e de solidariedade. A doação é 100% voluntária e pode beneficiar qualquer pessoa. A doação de apenas uma pessoa tem o potencial de salvar até 4 pessoas, além de ser completamente seguro, já que não há qualquer risco de contrair doenças ao longo da doação ou ficar com “menos sangue” no corpo.

QUEM PODE DOAR?

Vamos apresentar primeiramente as condições normais para que seja permitida a doação de sangue. Segue a lista completa, e saiba se você se encaixa no grupo:

  • Ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos devem possuir consentimento formal do responsável legal);
  • Pesar no mínimo 50kg;
  • Estar alimentado. Não ingerir alimentos gordurosos antes da doação;
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;
  • Apresentar documento de identificação com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiro, Certificado de Reservista e Carteira Profissional emitida por classe).

Estando ciente e se encaixando nos pré-requisitos para doar sangue, vamos tratar também das características que o impediriam de realizar a ação.

Fatores determinantes para o impedimento da doação de sangue

Apesar de ser um procedimento simples e rápido, existem alguns casos em que não é possível realizar a doação. Segue a lista para não haverem mais dúvidas:

  • Gripe, resfriado e febre: aguardar 7 dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Período gestacional;
  • Período pós-gravidez: 90 dias para parto normal e 180 dias para cesariana;
  • Amamentação: até 12 meses após o parto;
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
  • Exames/procedimentos com utilização de endoscópio nos últimos 6 meses;
  • Exposição a situações de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses após a exposição;
  • Vacina da febre amarela ou sarampo: aguardar 4 semanas após a vacinação;
    Tratamento dentário cirúrgico (como extração, tratamento de canal): 7 dias após o procedimento e/ou suspensão dos medicamentos.

Caso você não apresente nenhuma dessas características limitantes ou doenças como HIV, não haverá problemas ao fazer sua doação de sangue. Abaixo discorreremos sobre as tipagens sanguíneas.

Tipos sanguíneos

Bom, nesse momento, apresentaremos uma tabela com os tipos sanguíneos, para que você possa identificar as pessoas alcançadas, caso realize a doação de sangue.

 Tipo SanguíneoPode doar para:Pode receber doação de:
Sangue tipo A+AB+ e A+A+, A-, O+ e O-
Sangue tipo A-A+, A-, AB+ e AB-A- e O-
Sangue tipo B+B+ e AB+B+, B-, O+ e O-
Sangue tipo B-B+, B-, AB+ e AB-B- e O-
Sangue tipo AB+AB+A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB- (todos)
Sangue tipo AB-AB+ e AB-A-, B-, O- e AB-
Sangue tipo O+A+, B+, O+ e AB+O+ e O-
Sangue tipo O-A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB- (todos)O-

Vale ressaltar que embora somente a tipagem de O- seja responsável por abranger todos os tipos(chamado doador universal), independente do seu tipo sanguíneo, a sua doação de sangue pode ser crucial para salvar uma vida.

MITOS E VERDADES SOBRE A DOAÇÃO DE SANGUE

Existem muitos mitos e verdades relacionados a doação de sangue. Para desmistificar as inverdades e esclarecer os fatos, iremos discorrer sobre alguns pontos abaixo:

A mulher pode doar sangue menstruada?

Uma das maiores inverdades acerca da doação de sangue, é a ideia de que a mulher não pode fazer a doação estando em período menstrual. Na verdade, essa característica não afeta a doação de maneira alguma.

Grávidas podem doar sangue?

Não, mas após o período gestacional, em casos de parto normal, a mulher pode doar depois de três meses; em caso de cesariana, após seis meses. Se estiver amamentando, a mulher deve aguardar 12 meses após o parto.

Quem recebeu transfusão de sangue pode ser doador de sangue?

Sim. Quem recebeu transfusão de sangue pode doar sangue, mas precisa esperar um ano para fazer a doação. Quem recebeu transfusão de sangue há menos de 12 meses pode estar ainda no período em que as doenças nem sempre são detectadas nos exames, o que é conhecido como janela imunológica; por isso fica temporariamente impedido de doar sangue.

Considerações Finais

Quem doa sangue, doa uma nova oportunidade de vida, torne a sua empresa uma embaixadora desta iniciativa e incentive seus colaboradores a serem doadores regulares independentemente de quem esteja precisando.

Doação De Sangue: Tudo Sobre O Junho Vermelho E Como Doar
Reprodução: Freepik

Dessa maneira, é uma ótima oportunidade para a sua empresa a adoção da campanha de doação de sangue, não somente em tempos de Junho Vermelho, como em qualquer época do ano. Essa prática singela e rápida pode ser crucial para manter uma pessoa viva.

Gostou do texto?

Esperamos que todas as suas dúvidas sobre doação de sangue e Junho Vermelho tenham sido respondidas. Caso queira entrar em contato conosco e usufruir dos nossos serviços, deixe seu e-mail abaixo. Para mais conteúdos e funcionalidades, continue acompanhando nosso site.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES!
Estamos esperando o seu contato, digite abaixo o seu e-mail.
Name
Política de Privacidade(obrigatório)
Emails Promocionais(obrigatório)
A MMCafé nasceu juntamente com o início da internet comercial no Brasil, em 1993.
Somamos mais de 500 projetos em 23 países diferentes.